Melancolia dá o tom da sessão do Poder Legislativo de Brumado após as eleições do último domingo (15)(Foto: Divulgação)

Realizada nesta quarta-feira (18), devido ao pleito eleitoral do último domingo, a sessão do Poder Legislativo de Brumado aconteceu sob um forte clima de comoção, onde os vereadores que não conseguiram a recondução de seus cargos exprimiram os seus sentimentos e agradecimentos. O líder do prefeito, Santinho (PSC) disse que estava com o sentimento do dever cumprido e que a vontade popular foi soberana e parabenizou o prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB) pela vitória nas urnas. Já Elias Piau, líder do DEM, disse que “trabalhei muito e obtive várias conquistas para o Bairro das Baraúnas e para o Distrito de Itaquaraí” e ainda citou que “fiz uma campanha limpa e honesta, mas infelizmente acabei não me elegendo”. Zé Ribeiro justificou o seu posicionamento em ter dado o apoio na última hora para o candidato Fabrício Abrantes e que se sentia tranquilo, tendo feito o certo, mas, acabou dando, como sempre, umas alfinetadas no atual gestor ao citar que “ele tem muitos processos e as nossas denúncias irão se comprovar”. Glaudson Dias agradeceu os votos recebidos e parabenizou os novos eleitos. Agora, o pronunciamento mais impactante foi do vereador Lek Cabeleireiro (AVANTE) que, visivelmente emocionado, num tom de profunda melancolia, se confraternizou com os colegas que não foram reeleitos. A sessão contou com vários eleitos, os quais receberam a saudação dos presentes. A única que não esteve presente à sessão foi a vereadora Ilka Abreu (DEM), que também compôs o bloco dos que não reconduziram os seus mandatos.